Diário Sintonia
Acusado de aplicar golpe com pacote de réveillon se apresenta à Polícia Civil
Por diariosintonia
16 de janeiro de 2020

 

O proprietário da agência de viagens Next Tour, Carlos Antônio Rodrigues, apresentou-se à 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Araxá, na manhã de hoje, 16/01. Conhecido como Tuko, ele estava sendo procurado desde o dia 27 de dezembro de 2019, quando deixou de cumprir com uma excursão organizada com mais de 40 pessoas para passar o réveillon em Cabo Frio, interior do Rio de Janeiro. Rodrigues está sendo investigado por estelionato, crime contra o patrimônio, obtendo vantagem ilícita em detrimento de terceiros.

 

De acordo com o delegado Christiano de Rezende Dib, “a princípio não há necessidade de prisão preventiva”, uma vez que Rodrigues se comprometeu a comparecer em todos os dados investigatórios. Ainda segundo o delegado, “as vítimas serão ouvidas e a questão do ressarcimento será acompanhada, se vai haver ou não”.

 

No início da semana, Rodrigues foi exonerado de cargo da Secretaria Municipal de Esportes por não retornar ao trabalho após recesso. Na pasta, ele possuía cargo de assessor 1.

 

Entenda o caso

 

O empresário Carlos Antônio Rodrigues vendeu pacotes de viagens para o réveillon em Cabo Frio pelo valor de R$ 1 mil, com passagem e hospedagem. Na véspera da viagem, dia 26 de dezembro, ele alegou que estava tendo problemas com a pousada e precisaria ir pessoalmente até Cabo Frio para resolver a questão. Desde então ele não fez mais contato. Uma das vítimas conversou com o responsável pela pousada e foi informada de que as reservas em nome do empresário haviam sido canceladas por falta de pagamento. As vítimas procuraram a delegacia e registraram queixa.