Diário Sintonia
Apuração dos votos em Araxá acontece na sede do Cartório Eleitoral
Por janainasilva
28 de outubro de 2018

Terminada a eleição às 17h os presidentes de seções imprimem o relatório com a apuração dos votos em cada uma das 238 urnas utilizadas neste domingo em Araxá. Vans foram usadas para transportar os equipamentos até a sede da 17º Zona Eleitoral, na avenida João Paulo II. Apenas 7 urnas precisaram ser substituídas no município, por problemas elétricos.

 

Os aparelhos eletrônicos da Escola Estadual Dom José Gaspar foram os primeiros à chegarem até o Cartório Eleitoral, às 17h45. A apuração inicia no mesmo momento em que o relatório da urna, que vem lacrado em envelopes, é aberto pela equipe responsável pela contagem dos votos.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, até 18h13, mais da metade dos votos válidos estavam apurados, ou seja, 51,28%. A previsão do resultado com o total de votos para cada candidato em Araxá é que seja mais cedo do que foi no primeiro turno.

 

“Acreditamos que a apuração encerre em Araxá por volta de 19h30, já que nessa eleição os eleitores votaram mais rápido, por apenas dois cargos [Governador e Presidente]”, esclarece a chefe do Cartório Eleitoral, em Araxá, Alcineia Suely Sales.

 

O TRE-MG divulgou que em todo o estado foram 233 ocorrências registradas pela Polícia Militar, e 44 pessoas conduzidas por fazer boca de urna, desacatar o mesário, velaram o sigilo do voto, e desordem da lei seca.

 

“Aqui em Araxá apenas uma pessoa foi detida por cometer crime eleitoral, um homem fotografou o momento do voto e publicou nas redes sociais. Em depoimento o acusado disse que não sabia que era proibido registrar o voto”, explicou Renato Alcino, delegado da Polícia Civil.