Diário Sintonia
Araxá aumenta 70% os casos de Covid-19
Por Janaina Silva
20 de maio de 2020

 

O parâmetro foi medido entre os dias 15 de maio quando haviam 20 casos confirmados da doença em Araxá entre resultados positivos e óbitos e hoje, 20 de maio, quando o número passou para 34. Até o momento foram 34 casos confirmados, sendo 08 recuperados, 02 mortes confirmadas, 24 pacientes com resultado positivo sendo monitorados. Desde o dia 11 de maio o boletim oficial divulgado pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Araxá não relata a descrição dos pacientes que tem resultado positivo para a doença, apenas as mortes confirmadas.

 

Nos dados oficiais do município constam também o detalhamento dos óbitos suspeitos, sendo 15 descartados e nenhum em investigação. Das internações exclusivas do Sistema Único de Saúde, outro dado inserido no boletim desde 11/05, constam 15 leitos totais disponíveis, ou seja 20% de ocupação, dos 74 leitos de enfermaria 16 (21,62%) estão com pacientes, e a taxa de ocupação é de 89 leitos totais disponíveis, sendo 21,35% (19) em utilização.

 

Minas Gerais – Minas Gerais ocupa a segunda posição entre os estados com os menores índices de mortes por coronavírus, atrás apenas do Mato Grosso do Sul. De acordo com o boletim epidemiológico desta quarta-feira (20/05), o estado registrou 5.286 casos confirmados, 2.766 casos recuperados e 177 óbitos. A equipe técnica em gestão de Saúde do Estado de Minas Gerais avalia que, no momento, não há indicação ou necessidade de implantar novos leitos, uma vez que o Hospital de Campanha, estruturado para o enfrentamento ao coronavírus, funciona como uma reserva técnica para o sistema público de Saúde. Montado no Expominas, em Belo Horizonte, o Hospital de Campanha conta com 768 leitos, sendo 740 de enfermaria e 28 de estabilização. A estrutura teve um custo de R$ 5,3 milhões – 80% deste valor foi doado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).