Diário Sintonia
Boletim epidemiológico registra 895 casos de dengue confirmados
Por Janaina Silva
12 de junho de 2019

2.622 notificações foram registradas em Araxá até 10/06

 

O monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika acontece semanalmente com o resultado do boletim epidemiológico. Em 2019, até o dia 10 de junho, foram registrados em Araxá 2.622 notificações de dengue, 1.653 deram negativo, 74 aguardam resultado e 895 confirmações da doença. No município não há suspeita de pessoas com zika vírus e chikungunya.

 

Por todo estado foram registrados 399.522 casos prováveis, que é a soma dos confirmados e suspeitos de dengue, até a atualização dos dados de 11/06. Nesses seis meses do ano foram confirmados 74 óbitos por dengue, além de outros 127 mortes em investigação, ressaltando que os óbitos em questão foram notificados ao longo de 2019 e não são, necessariamente, óbitos recentes. Em relação à Febre Chikungunya, Minas Gerais registrou 2.322 casos prováveis da doença em 2019. Até o momento, não houve registro de óbitos suspeitos da doença. Já em relação à Zika, foram registrados 1.145 casos prováveis da doença em 2019, até a data de atualização do boletim.

 

Ações para controle do aedes, como carro fumacê e a verificação diária dos agentes de endemia, fazem parte das medidas de apoio no combate às doenças. Neste ano, a secretaria de estado de saúde de Minas Gerais publicou, até o momento, quatro resoluções, destinando recurso financeiro de R$ 12,5 milhões a 317 municípios. A cada 15 dias, até o dia 30/06/2019, de acordo com a divulgação de um novo boletim epidemiológico de monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika vírus, os municípios com alta incidência irão contar com incentivo financeiro complementar, por meio de resolução específica.