Araxá, sbado, 16 de dezembro de 2017 - 22 h 16 min

Araxaenses ganham 28 prêmios no projeto Cientistas do Cerrado

30/novembro/2017 16:51

Estudantes desenvolveram gêneros textuais, quadrinhos, panfletos, desenhos e paródias sobre meio ambiente.

O conhecimento sobre o meio ambiente e as noções de sustentabilidade foram transformados em prosas, poemas, desenhos, paródias, histórias em quadrinhos e panfletos durante o projeto Cientistas do Cerrado, realizado ao longo do ano dentro das escolas. Os melhores de cada categoria foram premiados pelo Centro de Desenvolvimento Ambiental (CDA) da CBMM, na última semana, no Teatro Municipal. Entre os 30 melhores trabalhos apresentados por alunos e 27 dos professores, a rede municipal de ensino faturou 28 prêmios.

As atividades desenvolvidas englobaram 15 temas de estudos relacionados à conservação da biodiversidade do Cerrado, preservação do patrimônio histórico e cultural e, também, natural do bioma. Foram realizadas visitas monitoradas a espaços ambientais e culturais do município, palestras, apresentações em salas de aula e em espaços culturais, históricos e ambientais da cidade.

 

A secretária municipal de Educação, Gessy Glória, participou da solenidade e destacou que o projeto soma às atividades que fazem parte da grade curricular dos estudantes do ensino fundamental.

 

“Foi um trabalho muito bom realizado pelas nossas unidades escolares de 4º ano. Desde abril estamos nesse projeto. Nossos alunos e professoras foram premiados. Isso incentiva a fazer da nossa educação municipal uma educação de qualidade. Todas as nossas unidades já trabalham com o tema ambiental, temos projetos voltados para o meio ambiente e sustentabilidade. Esse projeto enriquece e reforça nosso trabalho com os alunos”, avalia a secretária.

 

Confira a lista dos vencedores da rede municipal:

 

– E. M. Manoela Lemos

Prosa – Tema: Riquezas de Araxá – Água

Rafaela Moreira dos Santos (aluna) e Nilda Maria de Jesus Rodrigues (professora)

 

– E. M. de Aplicação Lélia Guimarães – CEPAC

Poema – Tema: Águas de Araxá

Stefani Caroline de Castro Rocha (aluna) e Rosa Dalva Pereira (professora)

 

– E. M. Professora Leonilda Montandon – CAIC

Poema – Tema: Águas de Araxá

Gabriel Coelho Augusto (aluno) e Vanessa Cristina da Costa (professora)

 

– E. M. José Bento

História em Quadrinhos – Tema: Patrimônio Histórico e Cultural

Ana Karolaine Cardoso de Oliveira (aluna) e Maria de Lourdes Dutra Menezes (professora)

 

– E. M. Eunice Weaver

História em Quadrinhos – Tema: Conservação da Biodiversidade

Cássio Willian Freire Júnior (aluno) e Maria José de Oliveira Fontoura (professora)

Panfletos – Tema: Conservação da Biodiversidade

Iasmin Emanuele Barbosa de Lima (aluna) e Maria José de Oliveira Fontoura (professora)

 

– E. M. Francisco Primo de Melo

Panfletos – Tema: Patrimônio Histórico e Cultural

Gabrielly da Silva (aluna) e Cecília Aparecida Moreira Leite (professora)

Desenho – Tema: Patrimônio Histórico e Cultural

Luiz Filipe Lopes de Oliveira (aluno) e Cecília Aparecida Moreira Leite (professora)

 

– E. M. Professor Nelson Gomes

Panfletos – Tema: Conservação In Situ e Ex Situ do Cerrado

Amaury Manoel Freitas (aluno) e Tatiany Cristina Borges (professora)

Paródia – Tema: Biodiversidade do Cerrado

Ludimilla Sousa Alencar (aluna) e Dilse Aparecida Rosa Carneiro (professora)

Jennyfer Gabrielly Guimarães de Oliveira (aluna) e Dilse Aparecida Rosa Carneiro (professora)

 

– E. M. Antônio Augusto de Paiva

Panfletos – Tema: Plantas Medicinais

Everson Passos Varjão (aluno) e Francielle Cristine Silva Meireles (professora)

 

– E. M. Manoela Lemos

Desenho – Tema: Riquezas de Araxá “Água”

Isabela Motta de Assis (aluna) e Nilda Maria de Jesus Rodrigues (professora)

 

– E. M. de Aplicação Lélia Guimarães

Desenho – Tema: Ambiente Urbano

Layza Izabelli de Rezende (aluna) e Renata Fernandes Borges (professora)


Começam inscrições para vagas remanescentes na Educação Infantil

27/novembro/2017 14:46

Período de preenchimento da ficha de interesse vai até 1º de dezembro. Vagas são destinadas a crianças de zero a cinco anos.

Começou nesta segunda-feira (27) o processo de inscrição para interessados em vagas remanescentes nos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEIs) e Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs). O público-alvo são crianças de zero a cinco anos. Os pais ou responsáveis devem procurar a unidade educacional mais próxima até 1º de dezembro.

De acordo com a coordenação de Núcleo de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação, participarão do processo 20 CEMEIs, três EMEIs e quatro escolas de ensino fundamental que ofertam o ensino infantil no município. A secretária de Educação, Gessy Glória, atenta que o preenchimento da ficha de inscrição não constitui a garantia de vaga, mas é fundamental as famílias não deixarem de realizar a inscrição.

 “Como na Educação Infantil fazemos matrículas o ano inteiro, pois não há uma legislação que determine que seja no início do ano, é importante que os pais realizem essas inscrições para as vagas remanescentes. Quanto à quantidade de vagas, teremos um número maior para o Berçário 1. Para as turmas em sequência são menos vagas, portanto, as diretoras colocarão na porta das escolas a quantidade de vagas disponíveis para cada turma”, afirma a secretária de Educação.

A lista de classificados será afixada na porta de cada unidade no próximo dia 8 de dezembro. As matrículas deverão ser efetuadas nos dias 11 e 12 do mesmo mês.

Documentação necessária

A inscrição deverá ser realizada pelo pai, mãe ou responsável legal pela criança, mediante a inserção na ficha de inscrição dos dados constantes nos seguintes documentos:


– certidão de nascimento da criança;

– número do CPF ou RG do pai, mãe ou responsável pela criança;

– comprovante de endereço atual;

– cartão de vacina da criança atualizado;
– laudo médico ou credencial que comprove que a criança a ser matriculada possui algum tipo de deficiência;

– declaração emitida por profissional da Saúde para criança que apresente risco nutricional e precisa de atendimento diferenciado;

– documento oficial expedido pela Vara da Infância e Juventude, Conselho Tutelar, ou Ministério Público para crianças que se encontram em medida protetiva ou em situação de vulnerabilidade social.

– cartão de benefício do Programa Bolsa Família;

– cartão do Sistema Único de Saúde (SUS);

– comprovante de renda familiar (Carteira de trabalho, contracheque, declaração de comprovante de rendimento ou outros documentos comprobatórios de renda).

Rematrícula e transferência

As crianças que já se encontram matriculadas e frequentes na Educação Infantil no ano de 2017 e que pretendem continuar na mesma instituição de ensino não precisarão de inscrição, pois terão garantia de vaga. Basta renovar a matrícula no período estipulado pela instituição.  Para a troca da unidade de ensino, os pais ou responsáveis deverão se manifestar no ato da rematrícula. A Secretaria Municipal de Educação verificará a disponibilidade de vaga e a possibilidade da transferência.

 
 

Prédio da Escola Dom José Gaspar passa por revitalização

20/novembro/2017 14:35

Inaugurada em 1982, escola voltará às origens e valorizará arquitetura do arquiteto Marcelo Gusmão Machado.

Para valorizar a marcante arquitetura do espaço, o prédio municipal da Escola Estadual Dom José Gaspar passará por obras. A revitalização foi iniciada na última semana. Será investido R$ 539 mil na reforma e revitalização da Escola e a responsabilidade pela execução da obra é da empresa araxaense HZ Engenharia e Construção Ltda.

De acordo com secretário de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete de Souza, o prédio é de uma arquitetura diferenciada e realmente precisa ser revitalizado. “Com o passar do tempo a obra ficou escondida, já que no local foi construído um alambrado e uma cerca viva, então, como o prefeito Aracely quer uma melhoria em toda a região do São Pedro, ele pediu para fazer uma reforma naquele prédio. Basicamente, estamos descortinando o empreendimento para mostrar a arquitetura dele”, explica o secretário.

Donizete detalha que, no lugar do alambrado, será feita uma cerca, da cor verde, para oferecer maior visibilidade à estrutura construída. “A estrutura também passará por melhorias, com pinturas de todas as salas (interna e externa), recuperação dos corrimãos que estão estragados, redes elétrica e hidráulica também serão consertadas”.

 

Segundo o prefeito Aracely de Paula, a atual gestão entende a importância da Escola Estadual Dom José Gaspar para a comunidade de um modo geral. “Temos que revitalizar aquela obra até pela sua característica arquitetônica. Ela é uma das mais bonitas obras da nossa cidade e não pode ficar escondida. Paralelo à reforma da Escola Dom José Gaspar será executado o serviço de asfaltamento de toda Vila São Pedro. Vamos ter ali uma série de obras envolvendo os Bairros Santa Rita, São Pedro e a própria Vila Rica”, informa o prefeito.

 


Cartão de confirmação do Enem será liberado em 20 de outubro

13/outubro/2017 14:58

Unisul, Unisa, Uninorte, Unileste e Uninordeste oferecem atividades de 25 a 29 de setembro. Dia Internacional do Idoso é comemorado em 1º de outubro.

A partir de 20 de outubro, os cartões de confirmação das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estarão disponíveis na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na internet. Mais de 6,7 milhões de candidatos farão as provas, marcadas para os dias 5 e 12 de novembro.

Para conferir o documento, os inscritos devem acessar a Página do Participante, com o número do CPF e a senha de cadastro. Quem perdeu a palavra-chave, deve seguir o passo a passo para recuperá-la. Para tanto, vai precisar fornecer o e-mail cadastrado para o qual será enviada a nova senha.

Contudo, se o participante não tiver mais acesso, ou não lembrar o e-mail cadastrado, é possível receber a senha temporária por mensagem de celular.

Mas se o candidato não lembrar mais a senha, o e-mail ou o número de telefone, será necessário alterar os dados cadastrados na página do Enem para receber a senha em outros contatos.

Com o cartão, o candidato tem acesso a informações como o número de inscrição, a data das provas, o local onde será realizada e os horários (abertura dos portões às 12h, fechamento às 13h e início dos testes às 13h30, todos tendo como referência o horário de Brasília). Nele também é informado se o estudante pediu atendimento especializado ou específico e a opção de língua estrangeira – inglês ou espanhol.
Fonte: Governo do Brasil, com informações do Inep


MEC autoriza curso de psicologia em universidade de Araxá

09/outubro/2017 14:21

Primeiro vestibular será no primeiro semestre de 2018.

O Centro Universitário do Triângulo – Uniaraxá passa a oferecer em 2018 o curso de Psicologia, agora autorizado pelo MEC. Serão 60 vagas disponíveis para o diurno e outras 60 para o noturno. “Precisamos agradecer ao prefeito pela conquista do curso de Psicologia na Uniaraxá. Teremos duas turmas em horários distintos e as primeiras inscrições para o vestibular já estão sendo realizadas. Posso dizer com segurança de que nossa estrutura já está totalmente pronta para iniciarmos o curso em 2018 com muita qualidade”, afirma o reitor José Oscar de Melo.

Na última semana, o prefeito Aracely recebeu ofício do Deputado Mário Heringer comunicando a portaria nº 1.028 de 29 de setembro de 2017, divulgada pela Secretaria de Regulação e Supervisão de Educação Superior no Diário Oficial da União na terça-feira, 3 de outubro de 2017, autorizando pelo MEC, o Curso de Psicologia, Bacharelado, no UNIARAXÁ, a partir do primeiro semestre do ano que vem.

 

 


Inscrições abertas para competição Startup Weekend em Araxá

20/setembro/2017 14:28

Estudantes e empreendedores já podem se inscrever para o Startup Weekend – competição de startups que ocorre nos dias 20, 21 e 22 de outubro, na UniAraxá. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo site: www.sympla.com.br/startup-weekend-araxa__166010. O evento conta com o apoio do Sebrae Minas.

Ao longo dos três dias de trabalho, os participantes terão de construir um projeto e desenvolvê-lo por meio de um protótipo para apresentá-lo a uma banca avaliadora que irá definir se a ideia é viável ou não. O intuito é promover o capital empreendedor, gerar negócios inovadores, alavancar os negócios já existentes e movimentar o ecossistema de inovação de Araxá e região.

O Startup Weekend contará ainda, no dia 20 de outubro, com uma palestra de Alexandre Saboia Fuziyama, idealizador de sistemas web focados em alto desempenho e grandes volumes de acesso, como o Globoesporte.com e o CartolaFC – um jogo fictício no qual as pessoas montam seus times com jogadores de futebol da vida real.

SERVIÇO

– Startup Weekend
– Data: 20, 21 e 22 de outubro
– Local: UniAraxá – Avenida Ministro Olavo Drummond, 5, bairro São Geraldo.
– Inscrições: www.sympla.com.br/startup-weekend-araxa__166010


Inscrições abertas para cursos gratuitos do Cefet Araxá

12/setembro/2017 16:10

As inscrições para o processo seletivo do ensino médio técnico do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) seguem até o dia 31 de outubro.

São 2.420 vagas em 53 cursos distribuídos pelos nove campi do Cefet-MG: Araxá, Belo Horizonte, Contagem, Curvelo, Divinópolis, Leopoldina, Nepomuceno, Timóteo e Varginha. A inscrição pode ser feita por meio do site do Cefet-MG. A prova será 3 de dezembro, das 14h30 às 17h30.

A prova objetiva contará com 60 questões de múltiplas escolhas, sendo 15 de língua portuguesa, 15 de matemática, seis de biologia, seis de química, seis de física, seis de geografia e seis de história.

A prova de língua portuguesa para os candidatos da modalidade integrada terá ainda questões sobre a obra “Eu e o silêncio do meu pai”, de Caio Riter. O resultado final será divulgado no dia 14 de dezembro.

Somente em Belo Horizonte são 16 diferentes cursos, como edificações, trânsito e química; quatro em Araxá; três em Contagem; três em Curvelo; cinco em Divinópolis; quatro em Leopoldina; três em Nepomuceno; cinco em Timóteo; e três em Varginha.


Julio Dário abre inscrições para curso gratuito de informática básica em Araxá

23/agosto/2017 15:37

Maiores de 18 anos poderão participar de cursos gratuitos de informática em Araxá,. Os cursos de informática básica  serão realizados no Centro de Formação Profissional Julio Dário/Polo Uaitec. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de agosto. 

 As aulas vão acontecer duas vezes na semana, com uma hora e meia de duração cada. Os cursos visam atender adultos e idosos na iniciação digital. 

 

Quem tiver interesse deve procurar o Julio Dário, de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, na Avenida Amazonas, nº 200, no Bairro São Geraldo. Para a inscrição é necessário os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência, todos originais.


Escola Municipal Alice Moura terá sede própria no bairro Vila Silvéria

31/julho/2017 15:52

Foi assinada na última semana a ordem de serviço que autoriza a construção da sede própria da Escola Municipal Alice Moura. São previstos investimentos de R$ 4.387.890,27, sendo que R$ 2 milhões, por parte da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e o restante de responsabilidade da Prefeitura com prazo de execução de sete meses. A Escola Municipal Alice Moura será no bairro Vila Silvéria em uma área institucional que compreende um complexo arquitetônico composto ainda pela sede do Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Dom Pixote e uma praça.

Para o prefeito, construir uma sede própria para abrigar a Escola Alice Moura, é manter a tradição de uma instituição que tem história muito singular na educação da cidade. “Uma sede própria para que ela continue a educar, esse é o significado maior que denominamos ao Alice Moura. O projeto elaborado pela nossa equipe é um referencial arquitetônico que enriquecerá o local, bastante esquecido em Araxá, o bairro Vila Silvéria. Após o Alice Moura, estaremos construindo também o Cemei Dom Pixote e uma praça, restaurando toda aquela região. Uma homenagem nossa para a região altamente promissora com essas construções que darão um contexto novo na vida de todos os moradores”, avalia o prefeito.

O secretário de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete de Souza, reitera que o prédio será construído em uma arquitetura moderna por uma empresa de Belo Horizonte. “Quem ganhou a licitação foi a empresa Logus Engenharia e Construções Ltda. Pretendemos executar a obra que abrigará 12 salas de aula, no prazo mais curto possível e o prefeito tem a intenção de levar a Escola Alice Moura para a nova sede no ano que vem”, observa o Secretário.

Sebastião Donizete acrescenta que a escola tem capacidade para abrigar 360 alunos por turno – dia, tarde e noite -, portanto, com espaço para atender até mil alunos. “Além de salas de aula, o prédio contempla uma área para Educação Física, sanitários, acessibilidade para portadores de necessidades especiais, salas de multiuso, de arte, de inclusão, reforço, de professores, de diretoria, secretaria, coordenação e biblioteca. É uma escola completa, com três pavimentos, e com certeza levará grande melhoria para a região do bairro Vila Silvéria”, comenta Donizete.

A secretária de Educação, Gessy Glória Lemos, conta que a Escola Alice Moura completou 50 anos de existência em 2017, já passou por cinco sedes diferentes e comemorou a conquista da sede própria para toda a comunidade escolar. “A escola é tradicional na nossa cidade, com alto nível do Ideb em Araxá e com a sede própria poderá atender mais alunos. Sempre havia esse questionamento do motivo de não ter uma sede própria para o Alice Moura. Quando a escola teve que deixar o Sesc, o prefeito Aracely de Paula garantiu aos pais que iria construir essa sede própria”, destaca a secretária Gessy.

Além de apoiar financeiramente a obra da sede própria da Escola Alice Moura, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) garantiu o repasse de R$ 2 milhões para a construção do Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Dom Pixote. “A empresa atendeu com o repasse de 50% do valor da Escola Alice Moura e também de 50% da creche para próximo ano. São obras que a população demanda e a CBMM inserida na comunidade atende esses pleitos da Prefeitura de acordo com as nossas condições. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Municipal patrocinamos praticamente 100% da construção. Os critérios avaliados por nós são a importância da obra e o que isso representa para comunidade. Queria dizer da satisfação da CBMM de ser parceira da Prefeitura quanto da escola, tanto na creche”, ressalta o diretor administrativo da CBMM.


Escola Municipal Azis J Chaer completa 30 anos em Araxá

30/junho/2017 15:43

Inaugurada em 1987, a Escola Municipal Azis J. Chaer comemorou 30 anos de atividades na quarta-feira, 29. A construção da instituição, localizada no bairro Orozino Teixeira, é considerada um marco na rede municipal de educação. A unidade de ensino foi umas das primeiras inauguradas em bairros da cidade. O evento comemorativo contou com a participação de funcionários, alunos, comunidade e agentes políticos. A festa aconteceu no ginásio da instituição e contou com apresentação musical do grupo Minas em Canto, formado por professores da Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo.
O prefeito lembra que a construção da escola impulsionou o desenvolvimento da educação no município. “Nós fizemos a Azis J. Chaer em um bairro que todo mundo dizia que era muito distante da cidade, se esquecendo que o Orozino Teixeira também fazia parte da cidade. Na verdade, essa escola foi pioneira na época, porque representou a nossa entrada nos bairros, representou o início das unidades de ensino em todas as regiões da cidade. Quando ela completa 30 anos, ficamos muito satisfeitos em saber que estamos há anos trabalhando para o desenvolvimento da educação em nossa cidade. Enquanto o Azis J. Chaer completa três décadas da sua inauguração, temos diversas outras unidades nascendo em outros bairros. ”
A escola foi batizada pelo então vereador Jairo do Espírito Santo, que esteve presente juntamente com o empresário Ricardo Chaer, filho do homenageado. Sob a direção de Anete Di Mambro desde 2016, a instituição oferece aos 468 alunos aulas do 1º ao 9º ano. A escola atende famílias dos bairros Pão de Açúcar 1, 2, 3; Vila Maior e Orozino Teixeira. “É uma escola que fica em uma região de nível social muito carente, mas temos boas parcerias. Nossos alunos têm alimentação boa; dispõe de um espaço bom para as aulas, ginásio grande, professores muito bons e competentes com o que fazem; aulas de xadrez, informática e escolinha de futebol”, acrescenta a diretora.
A secretária municipal de Educação, Gessy Glória Lemos, destaca o trabalho da atual direção, dos pais e alunos na superação de problemas sociais. “A Azis J. Chaer foi uma das primeiras escolas municipais criadas para atender gratuitamente quem está longe do Centro. Uma unidade de ensino que foi construída em uma região carente e teve vários problemas no início a sua existência, mas se tornou uma escola que realça o bairro onde está. Com a Anete di Mambro na direção, a unidade vem oferecendo vários projetos e notamos uma melhoria em relação ao aproveitamento dos alunos. Ficamos felizes em ver a melhora na qualidade do nosso ensino, principalmente, nas unidades localizadas nos bairros da cidade”, afirma a secret&aacu te;ria.



Agropecuária
Cidade
Economia
Educação
Entretenimento
Esporte
Mercado de Trabalho
Moda/Beleza
Plantão Policial
Plantão Sintonia
Polícia
Política
Região
Saúde/Bem Estar
Segurança pública
Sem categoria
Tecnologia
TV Sintonia

Enquete
Tempo em Araxá

Você é contra ou a favor do fim do horário de verão?

Ver Resultado

Carregando ... Carregando ...

Copyright © 2015 Rede Sintonia
R. Dom José Gaspar, 187, Araxá - MG, 38183-188, Brasil
+55 34 3662-9999