Araxá, sbado, 16 de dezembro de 2017 - 22 h 17 min

Dezembro começa com 10ª Campanha de Doação de Sangue em Araxá

28/novembro/2017 14:41

Sexta-feira, 1º de dezembro, vai ser de solidariedade e apoio aos hospitais de Araxá, no Alto Paranaíba. Acontece na Ala de Fisioterapia do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá), a partir de 8h, pelo 10º ano consecutivo a Campanha de Doação de Sangue.

A Associação de Doadores de Sangue de Araxá (Sangue Bom), o Hospital Casa Do Caminho, o Hospital Dom Bosco, a Santa Casa de Misericórdia de Araxá, Secretária Municipal de Saúde e o Uniaraxá, se unem numa parceria com o Hemocentro de Uberaba para mais essa edição da campanha, que marca também aas comemoração ao Dia do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro.

A data, além de homenagear as pessoas que reservam um tempinho do seu dia para doar sangue, tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância de doar sangue e Medula Óssea. Na sexta-feira serão distribuídas 100 fichas, podendo chegar a 120 inscrições e coletas das bolsas, que são destinadas aos hospitais da cidade e pessoas em tratamento contra algum tipo de câncer e que precisa de transfusões.

Essas doações aumentam o estoque do Hemocentro de Uberaba, que abastece a região de Araxá. Outra importância da campanha é ter mais sangue no período do final de ano, quando há dificuldades de encontrar doadores e o aumento da demanda.

Serviço

Evento: 10ª Campanha de Doação de Sangue em Araxá

Local: Ala de Fisioterapia do Uniaraxá

Data: 1º de dezembro

Horário: 8h

Quem pode doar?

Para doar sangue uma pessoa deve ter e estar com boa saúde,

Dormir bem na noite anterior à doação;

Ter idade entre 18 e 64 anos;

Pesar acima de 50 Kg;

Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade;

Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

Não ser usuário de drogas;

Não apresentar ferimento ainda não cicatrizado;

Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

Não estar grávida ou em período de amamentação. (Após o parto normal, é necessário aguardar três meses e, após cesárea, seis meses para doação de sangue).

Não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 12 meses;

Não ter feito tatuagem, sobrancelha (definitiva, micropigmentação), nos últimos 12 meses.

Não ter sido vacinado contra gripe a menos de 30 dias.

Não doe sangue em jejum, alimente-se antes da doação.

O que mais impede a doação?

Outras condições que também podem impedir a doação serão avaliadas na triagem antes da doação. Há uma entrevista com um médico, com indagações de caráter íntimo. As informações prestadas serão mantidas em rigoroso sigilo.

A entrevista inicial é importante, já existem condições, como sorologia positiva para HIV, que podem ser transmitidas pelo sangue. Às vezes, isso pode não ser identificado dentro de período da chamada janela imunológica, que pode ocorrer após os primeiros meses da infecção com o vírus.

Documentos

É necessário apresentar, no ato da doação, documento original com foto – Carteira de Identidade, de Trabalho, Profissional, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista. Uma doação pode salvar até quatro vidas.


Dia Mundia da Diabetes: especialista dá dicas para prevenir a doença

14/novembro/2017 13:43

Hoje (14/11)  é comemorado o Dia Mundial da Diabetes. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes, somente no Brasil existem mais de 16 milhões de pessoas portadoras da doença e metade das pessoas não sabe que tem o problema. O número de portadores vem crescendo mundialmente e estima-se que até 2030 este índice deva aumentar para mais de 550 milhões.

O que muitos ainda não sabem é que a diabetes elevada compromete outros órgãos do corpo humano, como os rins. Em torno de 30% dos pacientes que fazem hemodiálise no Brasil, tiveram sua insuficiência crônica dos rins causada pelo diabetes. Nos Estados Unidos este índice atinge 60%.

O Diário Sintonia falou com o endocrinologista Sérgio Mendes, que dá dicas para prevenir o diabetes. Confira:

1. Procurar o médico e fazer os exames de sangue e urina.

2. Medir o perímetro abdominal: homens devem ter menos que 90cm, mulheres devem ter menos que 88cm.

3. Diminuir em 1/3 a ingestão de carboidratos simples com alto índice glicêmico como pães, doces, chocolates e frituras, por exemplo.

4. Aumentar a ingestão de verduras e legumes para que as fibras façam um filtro físico para outros alimentos.

5. Mastigar mais os alimentos para aumentar a saciedade.

6. Comer em mais de 15 minutos porque em menos que isso não dá tempo de o estômago enviar para o cérebro a mensagem de saciedade.

7. Tomar dois copos de água antes das refeições para não confundir sede com fome; beber água também estimula rins e intestino a varrer toxinas do organismo, o que diminui a fome.

8. Optar por água gelada: é melhor porque provoca a vasoconstricção e, com isso, o reflexo vagal, no qual o cérebro para de ser tentado com a vontade de comer, que é diferente da fome.

9. Caminhar pelo menos 30 minutos por dia.

10. Procurar especialistas como nutricionistas e endocrinologistas para cuidar da compulsão.


Semana da Prematuridade tem oficinas e palestras gratuitas em Araxá

13/novembro/2017 12:42

O Centro de Atendimento à Criança (CAC) realiza nos dias 13 e 17 de novembro as atividades da Semana da Prematuridade, com o tema “Uma atitude de amor à vida. Nós Apoiamos essa causa!”.

O objetivo é a conscientização da população sobre os principais problemas e cuidados relacionados à prematuridade, além da divulgação do trabalho do Grupo de Estimulação Precoce (Gepe) no CAC. A programação conta com oficinas e palestras sobre o assunto.

“É muito importante conscientizar a população sobre a necessidade de acompanhamento de bebês prematuros e sua família. Um trabalho que deve ser feito por uma equipe especializada e conhecedora das comorbidades (associação de pelo menos duas patologias num mesmo paciente) do bebê prestando apoio também aos pais”, destaca a terapeuta ocupacional Cristiane Silveira.

As inscrições para as atividades devem ser feitas pelo telefone 3662.4369 (vagas limitadas).

Programação

Dia 13 de novembro

14h – Oficina de Culinária – Ana Cláudia (Anas Delícias e Sabores)

Observação: Oficina restrita para mães do Gepe

Local: Auditório do CAC

16h – Retinopatia da Prematuridade

Palestrantes: Dra. Karina Teixeira e Silvia Ferreira

Local: Auditório do CAC

Dia 17 de novembro

14h – Questões emocionais do bebê prematuro

Palestrante: Dra. Sheila Cardoso Rosa

Local: Auditório do CAC

16h – Autoestima dos pais

Palestrante: Thiago Melo

Local: Auditório do CAC


“Escola da Coluna” retoma atendimentos a trabalhadores em Araxá

02/novembro/2017 11:46

A coluna humana tem 33 vértebras. Uma estrutura muito sensível, cheia de músculos, nervos e discos. Por isso, segundo especialistas, a dor nas costas é tão comum e afirmam que 80% das pessoas vão sofrer com o problema alguma vez na vida. Para auxiliar profissionais do setor municipal, o projeto Escola da Coluna está de volta. 

Cinco fisioterapeutas com especialização em Pilates: quatro atuantes no atendimento e um coordenador com mestrado e doutorado, passam a realizar atendimentos nas unidades de saúde: Unileste, Uninorte e no Uniaraxá. Podem participar do projeto, trabalhadores formais ou informais com diagnóstico de problemas na coluna vertebral (cervical, torácica ou lombar) e ter encaminhamento médico na guia própria do SUS. Com documentos de identificação, os interessados podem procurar a Secretaria Municipal de Saúde ou os fisioterapeutas das unidades para avaliação inicial.

A fisioterapeuta Ritta de Cássia Borges, Referência Técnica em Fisioterapia, detalha que o projeto foi implantado em maio de 2016 com vigência de 12 meses. A nova etapa, iniciada em outubro, tem a mesma duração. O objetivo é otimizar o atendimento relativo a problemas na coluna lombar, cervical ou torácica, que geravam filas de espera nas unidades de saúde do município.

“Havia uma demanda reprimida muito grande com lista de espera nas unidades, então surgiu a ideia de montar um projeto ligado à saúde do trabalhador, associado ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest). Esses pacientes são acompanhados através de exercícios de Pilates e aulas educativas, para que ao final de seis meses, o paciente siga as orientações dos profissionais e consiga melhorar seu condicionamento para o que o problema não retome”, explicou.

Balanço anual

Durante o primeiro ano de funcionamento, a Escola da Coluna realizou 312 avaliações e 5.061 procedimentos fisioterapêuticos, sendo 1.291 na Uninorte, 893 na Unileste, 1.154 na Unisa e 1.753 no Uniaraxá. Os participantes passaram por tratamento utilizando o método pilates e de Reeducação Postural Global (RPG), além de participarem de palestras educativas abordando temas sobre anatomia e fisiologia da coluna vertebral, alimentação saudável, ergonomia e atividade física.


Carreta MEDSESC irá oferecer atendimentos oftamológicos gratuitos em Araxá

27/outubro/2017 12:32

Chega em novembro em Araxá a carreta MedSesc Oftalmologia. Por meio dela, serão oferecidos no município mais de 40 consulta e exames por dia, totalizando 560 procedimentos oftalmológicos entre os dias 06 de novembro e 15 de dezembro.

Serão realizados diversos exames oftalmológicos como Auto refração computadorizada: para a aferição do grau; Tonometria computadorizada: para medir a pressão intraocular (identificação de glaucoma); Refração: para a confirmação do grau; Biomicroscopia: para identificação de catarata, processos inflamatórios, dentre outros. (Exame ocular microscópico); e Fundo de olho – para o exame da retina.

Atendimento

Os atendimentos são realizados em uma Unidade Móvel de Saúde. Os procedimentos acontecem no interior de um caminhão adaptado com consultório e equipamentos para a realização das consultas e exames oftalmológicos e sala para o estoque de materiais.

Toda a estrutura para realizar os atendimentos é de responsabilidade do Sesc/MG, incluindo os equipamentos para a realização dos exames de oftalmologia, os insumos de saúde e os materiais gráficos.

A equipe de atendimento é formada por 01 Supervisor de Serviços Sociais com formação superior em Enfermagem; 01 Analista de Serviços Sociais com formação superior em Enfermagem; 02 Médicos Oftalmologistas; 01 Técnico em Manutenção e 01 Motorista.

O presidente do Sindicato do Comércio Araxá, Rodrigo Natal Rocha, informa que todas as consultas e exames são totalmente gratuitos. Segundo ele, o agendamento já pode ser feito no Sindicomércio Araxá, de segunda a sexta-feira em horário comercial. O Sindicomércio está localizado na Praça Artur Bernardes, 11, Centro. Mais informações pelo fone (34) 3662-3357. “O público-alvo do programa é formado por comerciários e seus dependentes, preferencialmente de baixa renda e também a comunidade”, explica Rodrigo.

A Prefeitura de Araxá, através da Secretária de Saúde, é parceira do Sindicomércio nas atividades do MedSesc Oftalmologia em Araxá e também estará agendando atendimento para a população em geral.


Outubro Rosa começa com atividades gratuitas e atendimento à mulher em Araxá

02/outubro/2017 14:49

Programação inclui aumento na oferta de citologia e mamografias nas Unidades de Saúde, palestra sobre violência doméstica e caminhada.

A saúde feminina ganha destaque durante a programação do Outubro Rosa. Com foco na prevenção e diagnóstico de câncer de mama e do colo uterino, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Estratégias da Saúde da Família (ESFs) terão aumento na oferta de vagas para coleta de citologia e solicitação de mamografia durante todo o mês. Também serão realizadas atividades físicas, de lazer e cultura, ações de orientação e palestra sobre violência doméstica.

A tradicional iluminação rosa enfeitará o Pronto Atendimento Municipal (PAM), Centro de Referência Em Saúde do Trabalhador (Cerest), prédio do Gabinete do Prefeito, Igreja de São Sebastião e o Parque do Cristo. No dia 18 de outubro, às 14h, a população poderá participar da palestra “Violência doméstica e familiar contra a mulher”, ministrada no Teatro Municipal pela delegada de Orientação e Promoção à Família, Paula Lobo Rios Dib.

“A programação desse ano está focada na prevenção do câncer, através da conscientização da população para quais alimentos previnem o câncer. Também abordaremos a importância da atividade física na prevenção, como fazer auto exame, onde procurar para realização de exames e quais principais fatores de risco. O trabalho prioriza a flexibilidade e aumento de oferta de exames para a mulher durante todo o mês de outubro”, afirma a Referência Técnica em Saúde da Mulher e da Criança, enfermeira Carla Aparecida Alves Constant.

O DIA D será realizado em 28 de outubro com caminhada em prevenção ao câncer de colo uterino e de mama, além da distribuição de panfletos educativos à população. Serão percorridas vias centrais com retorno para a praça, onde haverá alongamento realizado por fisioterapeutas da rede; orientação sobre prevenção ao câncer de boca em parceria com o setor de Odontologia; e exposição de alimentos que previnem o câncer. O Sesc realizará teatro temático sobre a prevenção ao câncer, enquanto o curso de Enfermagem da Uniaraxá demonstrará como fazer o autoexame das mamas. Uma aula de dança ficará por conta do Centro de Atendimento Múltiplo dos Talentos de Araxá (CAMTA).


Nova unidade de pronto atendimento terá aparelho para tomografia em Araxá

28/setembro/2017 14:34

A abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Alzira Rodrigues Duarte irá oferecer diagnósticos computadorizados por imagem para população araxaense. O prefeito Aracely de Paula anunciou na última semana a aquisição de aparelho de tomografia computadorizada, que oferecerá, gratuitamente, opção e agilidade no atendimento. O exame detecta alterações pequenas em ossos, tecidos, órgãos e outras estruturas do corpo, sendo também fundamental para a investigação de nódulos ou tumores e também vasos pulmonares e cerebrais.

“O nosso primeiro passo já foi dado, que é equipar a UPA para que ela comece a funcionar em toda sua plenitude o mais rápido possível. Eu já disse e repito que a nossa intenção é facilitar mais para nossa população, principalmente a mais carente, um acesso mais fácil à tomografia. Portanto, nosso segundo passo na UPA é a montagem completa de um sistema de tomografia que deve funcionar diuturnamente e gratuitamente para atender nossa população. Da mesma forma que estamos investindo na UPA, esperamos a participação do Estado”, afirma o prefeito.

No início de setembro, Aracely conseguiu em visita a Brasília a liberação de R$ 1 milhão via repasse do deputado federal Bilac Pinto. O valor foi somado à emenda de R$ 1.750 milhão, destinados pelo deputado federal Mario Heringer, para a aquisição dos demais equipamentos. Sobre eventuais despesas necessárias, o prefeito assegurou que a Prefeitura está apta para cobrir os gastos para que a unidade comece a funcionar o mais breve possível.

A aquisição do aparelho de tomografia é uma demanda considerada fundamental pelo secretário municipal de Saúde, Dr. Alonso Garcia. “Um tomógrafo próprio facilita na condução dos casos, economia em termos de profissionais, todo um aparato logístico e resolubilidade melhor. Nossa UPA vai estar bem equipada com raio-x digital que facilita o diagnóstico com imagem mais definida, teremos eletrocardiograma, todo o suporte de locais de coleta de sangue adequados e, teremos também, ultrassom”, destaca o secretário.

Estrutura

 

A UPA vai contar com uma sala de emergência com quatro leitos equipados com ventilador pulmonar mecânico e monitores cardíacos; sala de observação com 16 leitos adultos, sete leitos de pediatria e dois de isolamento; salas de gesso, pequenos procedimentos (suturas), hidratação, inalação, coleta de exames laboratoriais e eletrocardiograma, raio X e ultrassom; seis consultórios; farmácia e sala de reuniões. A área do terreno é de 18.664,26 metros quadrados, sendo 1.706,00 metros quadrados destinados à edificação.


Campanha de Multivacinação Infantil começa nesta sábado (16)

15/setembro/2017 17:31

Crianças e adolescentes podem procurar postos de saúde entre 16 e 22 de setembro próximo. Objetivo é atualizar cartões de vacina.

Mobilizar crianças e adolescentes de 0 a 15 anos incompletos a atualizar o cartão de vacinas é o objetivo da Campanha de Multivacinação Infantil, que terá início neste sábado, 16, o Dia D da campanha, onde todas as salas de vacinação do município e o Programa Saúde da Família (PSF) dos bairros Abolição e Pão de Açúcar disponibilizarão as doses de rotina das 8 às 17h. A vacinação se estende até 22 de setembro nos pontos de vacinação: Unicentro, Uninorte, Unisul, Unileste, Unioeste, Uninordeste e Unisa.

A enfermeira coordenadora do setor de Imunologia da Secretaria de Saúde, Marcela Mesquita, afirma que não há uma meta estabelecida para a campanha que visa colocar os cartões de vacina em dia. “Serão analisados os cartões de vacina de todos os indivíduos que procurarem as salas de vacina e postos de saúde. Serão vacinados somente aqueles que precisarem que o cartão seja colocado em dia. Portanto, todos adolescentes que vacinarão contra meningite C, HPV, antitetânica, hepatite B; e também as crianças, que são todas vacinas previstas no calendário desde que esteja em atraso ou faltosa com alguma vacina”, diz a coordenadora.

Confira o endereço e telefone dos sete pontos de vacinação:

  • Unicentro: Avenida Dâmaso Dumond, nº 275, Bairro Vila Guimarães

Telefone: (34) 3691-7024

  • Uninorte: Rua Lázaro de Vaz de São Paulo, nº 105, Bairro Urciano Lemos

Telefone: (34) 3691-7141

Telefone: (34) 3691-7142 ou (34) 3664-4078

Telefone: (34) 3691-7103 ou (34) 3664-7139

Telefone: (34) 3664-8858

Telefone: (34) 3664-8781

Telefone: (34) 3691-7003


Pediatras orientam quanto ao uso de medicamentos em creches e escolas

13/setembro/2017 15:30

A Sociedade Brasileia de Pediatria (SBP) divulgou nesta semana  documento com orientações para o uso de remédios em creches e escolas. Segundo os pediatras, a administração de medicamentos por educadores nas instituições de Educação Infantil deve seguir critérios de segurança para evitar prejuízos na saúde e nas atividades pedagógicas das crianças.

O objetivo é evitar o uso inadequado ou a automedicação e promover educação em saúde no ambiente escolar. Se o estado de saúde da criança for bom, de uma maneira geral, ela pode receber a medicação na própria escola, com alguns cuidados, para evitar que sua frequência às aulas fique prejudicada, se assim a instituição permitir.

Os médicos recomendam aos pais que encaminhem sempre à escola ou creche a receita médica e os remédios em suas embalagens originais, identificados com o nome das crianças para evitar enganos. Caso os pais não tenham a receita em mãos, ela poderá ser enviada diretamente pelo médico da criança à escola por fax ou outro meio de comunicação.

Os pediatras recomendam ainda que na escola seja dado o menor número possível de doses, uma vez que a instituição pode atrasar ou esquecer o horário de aplicação do medicamento. Outra orientação é para que os pais mantenham contato permanente com a equipe escolar, principalmente se o medicamento for de uso contínuo ou em outras situações especiais. No caso dos adolescentes, eles podem se responsabilizar por sua medicação.


Associação promobe campanha para doação de sangue em Araxá

13/setembro/2017 14:07

O Unidos Pelo Bem realiza a 3ª Doação de Sangue Solidária, com o apoio do Hemocentro de Uberaba e patrocínio da CBMM.  Ainda estão disponíveis 20 vagas para doadores.

Um doador pode salvar a vida de até quatro pessoas. Participe desse ato de solidariedade!

Com a proximidade dos feriados de outubro, Bancos de Sangue do Brasil inteiro costumam ficar com estoques baixos em função da queda nas doações e também aos acidentes registrados durante este período.

“O sangue não tem substituto. Tem que haver doação para que cirurgias e procedimentos não sejam cancelados. A demanda nos hemocentros em todo o Brasil tem aumentado e o número de doadores diminuiu ao longo dos anos”, explicou a coordenadora da captação de doadores do Hemonúcleo do Hospital de Câncer de Barretos, Ana Paula Borges.

Para fazer a doação é necessário:

  • Apresentar documento com foto(RG/habilitação ou carteira de trabalho);
  • Estar bem de saúde;
  • Não apresentar ferimemento não cicatrizado;
  • Não ter feito tatuagem, maquiagem definitiva ou piercing nos últimos 12 meses;
  • Pesar mais de 50 kg;
  • Ter entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos podem fazer doação desde que acompanhados por resposável ou portando documentos que autorize a mesma; acima dos 61 anos, desde que não seja a primeira doação).
  • Não ter passado por situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis;
  • Não usar drogas;
  • Não estar grávida ou amamentando;
  • Ter mais de 3 meses de parto normal, mais de 6 meses no caso de cesarianas;
  • Ter intervalo de 60 dias entre outra doação no caso dos homens, e 90 dias no caso das mulheres;
  • Não ter tido gripe ou diarréia nos últimos sete dias;
  • Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;
  • Não ter sido submetido a exame de endoscopia nos últimos 6 meses;
  • Alguns tratamentos dentários podem impedir a doação em até 30 dias;
  • Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h;
  • Dormir bem na noite anterior;
  • Não doar sangue em jejum.

O grupo de doadores sairá de Araxá no próximo sábado (16), às 6h da manhã, com destino ao Hemocentro de Uberaba e retornam até as 13h. O Unidos Pelo Bem vai oferecer lanche aos doadores durante a viagem de ida e também após a doação.

Para mais informações, falar com Thaís no celular (34)99147-1115.

Serviço

Dia: 16/09/2017

Local de encontro: Em frente ao estádio Fausto Alvim

Horário de saída: 6h

Horário de chegada: 14h

 



Agropecuária
Cidade
Economia
Educação
Entretenimento
Esporte
Mercado de Trabalho
Moda/Beleza
Plantão Policial
Plantão Sintonia
Polícia
Política
Região
Saúde/Bem Estar
Segurança pública
Sem categoria
Tecnologia
TV Sintonia

Enquete
Tempo em Araxá

Você é contra ou a favor do fim do horário de verão?

Ver Resultado

Carregando ... Carregando ...

Copyright © 2015 Rede Sintonia
R. Dom José Gaspar, 187, Araxá - MG, 38183-188, Brasil
+55 34 3662-9999