Diário Sintonia
Confira dicas para economizar energia
Por diariosintonia
14 de janeiro de 2020

Reprodução

 

As altas temperaturas registradas em janeiro juntamente com o período de férias resultam em aumento no consumo de energia elétrica, seja por permanecer mais tempo em casa ou pela utilização de ar-condicionado e ventiladores. Diante disso, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), por meio do gerente de Eficiência Energética, Ronaldo Lucas Queiroz, orienta os consumidores sobre o que fazer para evitar o aumento do valor da conta de energia.

 

A primeira dica é que, ao comprar um equipamento eletrônico, verifique se possui Selo Procel e a Etiqueta “A” do Inmetro, que são considerados mais eficientes. O tempo no banho deve ser controlado, pois o chuveiro é o equipamento que mais consome energia em uma residência, por sua alta potência. O ideal é que o seletor de temperatura fique na posição ‘verão’, o que reduz a potência em 30% e, por consequência, provoca redução de até 10% de consumo no final do mês.  O segundo equipamento que mais consome energia é a geladeira, por isso, evite colocar alimentos ainda quentes no eletrodoméstico, pois isso aumenta o consumo. Também é recomendado que os alimentos sejam retirados da geladeira todos de uma vez, quando forem consumidos, evitando o abre e fecha.

 

Queiroz também orienta que os aparelhos elétricos sejam retirados da tomada quando não estiverem sendo usados, mantendo apenas os essenciais. Isso evita o consumo de aparelhos em stand-by, responsável por até 15% do consumo, como o computador. Quanto à televisão, a recomendação é que os temporizadores sejam utilizados para o desligamento automático, uma vez que, nas férias, as crianças tendem a querer passar mais tempo assistindo aos seus programas favoritos. Ar condicionado e ventiladores são os equipamentos mais utilizados para amenizar as altas temperaturas, no entanto Queiroz chama atenção para o fato de que estes aparelhos têm potência elevada mesmo nas versões mais modernas e eficientes, por isso devem ser usados com prudência.