Diário Sintonia
Educação disponibiliza conteúdos complementares para rede pública de ensino
Por Janaina Silva
4 de agosto de 2020

 

Iniciativa é auxílio para o Regime de Estudo não Presencial; material pode ser acessado via site. Desde esta segunda-feira (03/08), professores da rede estadual contam com material complementar que pretende auxiliar no trabalho com os estudantes durante o Regime de Estudo não Presencial, implementado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, durante a pandemia da Covid-19. Os conteúdos pedagógicos são disponibilizados por meio de uma parceria entre a SEE/MG com o projeto Vamos Aprender, desenvolvido pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), com apoio da Fundação Lemann, Fundação Roberto Marinho, do Cieb (Centro de Inovação para a Educação Brasileira) e da Unesco. O material pode ser acessado no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br.

 

Inicialmente, serão disponibilizados conteúdos voltados para a educação infantil. Logo após, serão programas pedagógicos voltados para professores e alunos do ensino fundamental e do ensino médio. A grade de divulgação foi elaborada pela Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais.

 

Reforço. Os programas voltados para a educação infantil privilegiam momentos em que as crianças, a partir de perguntas investigativas, possam se engajar em propostas em que ampliam seus saberes por meio de animações, leituras e contações de histórias, vídeos educativos, propostas de construção e situações nas quais usam seus corpos e movimentos para dançar, brincar e se exercitar. A elaboração dos vídeos foi baseada na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Cada conteúdo pedagógico tem entre 30 e 40 minutos de duração e segue o seguinte roteiro: abertura do programa; exibição do conteúdo educativo (sequência de vídeos); e atividades para os estudantes. Mais de 70% dos municípios mineiros estão utilizando os PETs durante o ensino remoto.