Diário Sintonia
Estado confirma 136 casos de sarampo
Por diariosintonia
14 de janeiro de 2020

 

Boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informa que 136 casos de serampo foram registrados em 2019. No primeiro semestre, apenas quatro casos, distribuídos em janeiro, fevereiro e março, mas a partir de junho o número de suspeitas aumentou. As notificações atingiram a marca de 2055, sendo que 1514 foram descartados, 132 foram confirmados e 409 ainda estão sendo investigados.

 

O grupo etário que mais registrou casos da doença foi de um a quatro anos, totalizando 47 vítimas. Em seguida, de 20 a 29 anos, com 29 casos; e, menores de um ano, fazendo 20 vítimas. A cidade com maior número de casos confirmados é a capital, Belo Horizonte, com 52. Uberlândia vem em seguida, com 23 confirmações. Araxá não registrou casos da doença.  Os primeiros 70 casos confirmados no estado a partir de junho foram relacionados à importação do vírus de doentes que estiveram no estado de São Paulo ou por contato direto com doentes provenientes das cidades de São Paulo/SP.

 

O sarampo é uma doença viral, infecciosa aguda, grave, transmissível, altamente contagiosa e comum na infância. Seus sintomas incluem febre, manchas vermelhas pelo corpo, tosse, rinite aguda, conjuntivite e aversão à luz. A forma de proteção mais eficaz é a vacina. Crianças de seis meses a menores de um ano devem receber a dose zero; ao completar um ano, a primeira dose; e, a segunda dose aos quinze meses. Já quem tem entre 1 e 29 anos e só tomou uma dose da vacina, deverá tomar mais uma para estar completamente protegido. Quem, neste grupo etário, não recebeu nenhuma dose, deve tomar as duas. Aqueles que têm de 30 a 49 anos devem receber uma única dose.