Diário Sintonia
Operação Finados encerra com três mortes na região de Araxá
Por janainasilva
5 de novembro de 2018

Em 2017, foram 136 acidentes em MG com 18 vítimas fatais

 

Quatro dias de Operação Finados 2018 com reforço da fiscalização nas rodovias estaduais e federais no fim de semana prolongado. Até o último domingo (4) 95 acidentes foram registrados em Minas Gerais, somente nas rodovias federais, onde 129 pessoas ficaram feridas e 13 morreram. Como em anos anteriores, ao planejar a distribuição de agentes, a PRF, focou nas localidades com maior incidência de incidentes, em que é levado em conta os horários com mais fluxo de automóveis.

 

De 1º a 4 de novembro, período da Operação Finados, as equipes de policiais rodoviários federais fiscalizaram mais de 3.810 veículos e aplicaram 365 multas por ultrapassagem em local proibido, 2.727 testes de alcoolemia foram feitos, como é formalmente chamado o bafômetro, autuando 39 condutores que dirigiam sob o efeito de álcool.

 

No período, como de costume, foram organizadas também ações de educação para o trânsito, que as realizadas no ano passado. Em 2018, 6.045 motoristas tiveram imagens capturadas pro radar por excesso de velocidade. Próximo a Araxá no sábado, 3 de novembro, uma mulher de 29 anos foi atropelada na BR 262, por um caminhão, e faleceu no local.

E na MGC 462, quilômetro 76, há aproximadamente 39 quilômetros de Araxá duas pessoas perderam a vida em um acidente que envolveu três veículos. Por volta das 20h o condutor de um carro de passeio, segundo testemunhas, freou bruscamente e bateu na lateral de outro veículo. Com o choque o segundo carro também rodou na estrada vicinal onde estavam e colidiu com um terceiro automóvel onde um homem havia desembarcado e aguardava do lado de fora. O condutor do primeiro carro, João Adailton dos Santos de 43 anos, natural de Nova Olímpia/PR, e o passageiro do terceiro carro envolvido no acidente, Flavio Eurípedes de Morais, de 45 anos, residente em Perdizes/MG faleceram. Flavio chegou a ser socorrido, mas não resistiu às lesões e morreu na Santa Casa de Perdizes. A outra vítima ficou presa às ferragens, o corpo foi retirado por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Araxá.