Diário Sintonia
Queijo premiado em mundial na França é de araxaense
Por Janaina Silva
5 de junho de 2019

51 medalhistas são de Minas Gerais

 

Produtores mineiros conquistaram 51 medalhas no concurso mundial de Queijos, disputado em Tours, na França. Os queijos do estado faturaram 3 Superouros, 4 Ouros, 20 Pratas e 22 Bronzes. Outros cinco queijos brasileiros também foram premiados no Mondial du Fromage. As 56 medalhas conquistadas mostram que o país está conquistando espaço na disputa, que é bianual, em 2015, apenas 01 medalha de prata, 2017 foram 12 medalhas (1 superouro, 1 ouro, 7 pratas e 3 bronzes).

 

Os 3 superouros de Minas são de Santuário do Mergulhão – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra (curado), Queijo do Ivair – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra, e Vale da Gurita – Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra.

 

O ouro no estado teve um araxaense entre os vencedores, Alexandre Honorato conquistou o mérito com Mineirinho, queijo Minas artesanal de Araxá. Título de prata teve na lista outro araxaense, com o Serra dos Arachás.