Diário Sintonia
Semana da Luta Antimanicomial é iniciada em Araxá
Por Janaina Silva
17 de maio de 2019

Divulgação dos atendimentos foi realizado no calçadão

 

18 de maio, é dia Nacional da Luta Antimanicomial, data em que se recorda o fim das internações em sanatórios e manicômios para se priorizar o tratamento de doentes mentais junto às famílias. Em Araxá a programação iniciou nesta sexta-feira, 17, com a divulgação dos serviços e atendimentos oferecidos na cidade para as pessoas que sofrem com transtornos mentais psíquicos ou decorrentes do uso de álcool e outras drogas.

 

Profissionais dos Centro de Atenção Psicossocial – CAPS 2 “Maria Pirola”, Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas (CAPS AD), Centro de Atenção Psicossocial Infantil e Juvenil (CAPS I), das unidades de saúde, acompanhados de pacientes, se reuniram no calçadão da rua Presidente Olegário Maciel para divulgar os atendimentos oferecidos na cidade.

 

A coordenadora do CAPS Maria Pirola, Maria das Graças Resende Vasconcelos, explicou que estão fazendo atividades externas e até o dia 24 de maio, todas as unidades de saúde e os CAPS farão trabalhos internos como oficinas de cidadania, reflexões e exibição de filmes. Ressaltou que o objetivo é mostrar que saúde mental é primordial para todos.

“Quando a pessoa não tem caso de transtorno mental dentro de casa ela não acha que isso é importante. A gente vem pra rua, divulga o serviço para informar que todos podem adoecer. Queremos mostrar também que conviver em sociedade, dançar brincar, gera saúde. Além disso é importante conhecer o corpo para identificar indícios de saúde mental e procurar ajuda nos locais adequados”, reforçou a coordenadora.