Diário Sintonia
Tentativa de homicídio é julgada em júri popular
Por Janaina Silva
2 de agosto de 2019

Crime aconteceu em maio de 2011

 

A sequência de julgamentos iniciado no tribunal do júri, em Araxá, na manhã de ontem (01/08), e segue até a quarta-feira, 07 de agosto. Crimes ocorridos a mais de 08 anos são finalizados agora, no julgamento popular, na pauta crimes de homicídio consumado e tentado. No segundo dia da série, sexta-feira (02/08), 02 homens acusados pela prática do crime de homicídio tentado e qualificado por motivo fútil ocorrido no dia 09 de maio de 2011. O artigo 121 do Código Penal Brasileiro destaca o ato de matar, cabendo reclusão, dependendo de inúmeros fatores, desde a motivação a consumação do ato.

 

No artigo 04 destaca-se à traição, de emboscada, ou recurso que impossibilite a defesa do ofendido; cabendo pena de 12 a 30 anos. Todos os detalhes podem ser acompanhados pela população, a partir de 08 horas da manhã.

 

Segundo a denúncia um dos acusados e a testemunha tinham rompido o relacionamento amoroso e quando reconciliaram o crime aconteceu. Disparos de arma de fogo foram efetuados contra eles em 09/05/11 na confluência das avenidas Senador Montandon e Imbiara, entre a rua Urbano Vilela. O acusado foi preso em flagrante delito e permaneceu preso até outubro de 2011, quando foi concedida liberdade provisória.

 

A denúncia foi julgada improcedente pelos jurados e o réu Alessandro Martins Rodrigues foi absolvido.